sexta-feira, 14 de dezembro de 2012


Eu tentei escrever sobre tudo de maravilhoso que eu vivenciei nesses últimos meses, mas é tão maravilhoso e bom e novo que eu não consigo nem entender às vezes, quanto mais escrever sobre... Eu não paro de escutar essa mesma música. Repetindo, repetindo. Ela é tão nostálgica, tão incompleta, tão melodicamente triste... Eu estou com medo. Sim, de novo. Eu sei que eu não passo de uma medrosa. Eu sei, eu sei. Eu sei que tu tens medo que eu fuja. Ah, eu também tenho. É tudo tão irreal, tudo tão simples, tudo tão bom que realmente assusta. Eu não sei. E se eu fecho os olhos agora, milhares e milhares de fragmentos de cenas passam por minha mente, e eu só consigo pensar que eu não posso deixar isso ir, eu não posso deixar que isso acabe. 

2 comentários:

  1. amey conhecer o seu cantinhoo.. passa la no meu tbm? se gostar e quiser me seguir eu sigo de volta.. Bjiinhos linda
    http://bonekkinhaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. COmo é bom viver em novidade de vida, néanh?
    Q seus dias continuem assim: irreal...simples...feliz! Bju! :D

    ResponderExcluir